ACESSIBILIDADE -A +A Cadastre-se | Ir para a busca

| Modo Escuro

Audiência na Câmara discute economia da primeira capital do Estado

A Câmara de Miracema do Tocantins recebeu na manhã desta terça-feira, 27, uma representação da Assembleia Legislativa do Estado, quando foi realizada Audiência Pública para discutir melhorias para o aquecimento da economia do município.

A Audiência Pública, requerida pelo deputado estadual Ivory de Lira/PPL foi presidida pelo deputado Eli Borges/PROS presidente da Comissão de Administração, Trabalho, Defesa do Consumidor, Transportes, Desenvolvimento Urbano e Serviço Público, com a participação do presidente da Câmara Edilson Tavares/PMDB e demais vereadores e ainda o vice-prefeito Saulo Milhomem/PRTB, representando o prefeito Moisés Costa, que participava de outra reunião na ATM em Palmas.
Ainda participaram ex-vereadores, lideranças políticas, empresários e comunidade em geral.

Foram discutidos temas como a retomada das obras da Eclusa de Lajeado, a implantação da Hidrovia Tocantins/Araguaia, como também o aumento da tarifa de energia elétrica, enquanto Miracema é produtora de energia, através da Usina Luiz Eduardo Magalhães (LEM), construída em seu território.

De acordo com o deputado Eli Borges, os problemas apontados decorrem do Código Tributário, injusto e ineficiente. “Nosso Código vive alterado, o que não dá segurança jurídica aos investidores. Além disso, temos uma das maiores cargas tributárias do país”, questionou.

Um dos temas mais discutidos foi a construção da Eclusa da Usina LEM, conhecida por Lajeado, tida como prioridade porque permitirá a transposição da barragem da Usina, aumentando em cerca de 700 quilômetros a navegabilidade do Rio Tocantins.

Já o vice-prefeito Saulo Milhomem defendeu que os problemas enfrentados pelo município não se resumem à descontinuidade das obras da Eclusa, “Apesar de sua importância histórica, Miracema tem sido esquecida por sucessivos governos”, lembrou.

Por fim o autor do requerimento da audiência, Ivory de Lira explicou que as propostas serão transformadas em requerimentos e projetos de lei a serem apresentados na Assembleia Legislativa. “Propusemos também a formação de uma comissão composta por um representante da prefeitura, da Câmara Municipal, dos empresários e da população em geral para que, juntos, levem as demandas do município ao Governo do Estado”, acentuou.
(Da Redalção/Com informações da Ascom Câmara)


Audiência na Câmara discute economia da primeira capital do Estado

Deixe um comentário

Comentário sujeito a análise. Após o envio seu comentário será avaliado por nossa equipe para visualização.

O Portal da Câmara de Miracema do Tocantins-TO utiliza cookies para melhorar a sua experiência.
De acordo com a nossa Política de Privacidade, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Continuar
Precisa de ajuda?